quinta-feira, 1 de julho de 2010

Serra na CNA - nadando de braçada.

A Dilma não foi porque só vai a debate que possa responder lendo no teleprompter. A Marina não foi porque só iria ao debate se soubesse antes as perguntas que iria responder. Serra foi assim mesmo e se deu bem.

Bastante à vontade, sem discurso lido e durante o tempo que quis (tinha todo o tempo para si), José Serra expôs e respondeu perguntas do setor ao mesmo tempo mais competente e mais odiado da economia brasileira. Demonstrou, no mínimo, que vem fazendo um grande esforço para se inteirar dos problemas da agropecuária. Falou como economista que sabe a importância relativa e estratégica da agropecuária para o Brasil. Sem precisar usar boné.

De passagem, não se esquivou de enquadrar o MST. "O MST é um movimento que se diz de reforma agrária quando, na verdade, usa a idéia da reforma agrária para uma mudança de natureza revolucionaria socialista no Brasil".

Talvez tenha sido isto que espantou as concorrentes.

Nenhum comentário:

Postar um comentário