quinta-feira, 8 de julho de 2010

Desgraça! Políticos ficam "pobrinhos" de uma hora pra outra.

Além da confusão do plano de governo da dona Dilma, que mandou um assinado, depois mandou outro sem assinar e em seguida declarou que nenhum está valendo, comédia mesmo são as declarações de bens dos candidatos. Dá dó de ver como são "pobrinhos". Tudo classe média. Prestaram atenção no valor dos bens declarados? Fazenda vira terreno, o gado some, mansão vira casinha de 200 contos, carros de luxo desaparecem... É tanta desvalorização que de uma hora para outra o mercado imobiliário ficou deprimido. Tá tudo baratinho. 

Uma boa medida que o TSE tomaria em favor da ética na política seria pedir à Receita Federal que avaliasse os bens declarados pelos políticos no registro de suas candidaturas. Já pensou na correria para refazer as contas?

Nenhum comentário:

Postar um comentário