sexta-feira, 23 de julho de 2010

Comunicado do IPEA - importância da transferência de renda na redução da pobreza.

Em seu comunicado 59, divulgado ontem, o IPEA traz novas informações sobre a economia. Desta vez trata da importância relativa da transferência de renda como política de redução da pobreza no Brasil. Em alguns casos trata os estados individualmente. Como de costume, quando analiso as estatísticas trato o Acre no contexto da região Norte, o que parece mais plausível.

Os números do IPEA dizem que o Piauí é o que teve a maior participação das transferêncas de renda (TR) na renda das famílias. Nada menos do que 31% dos rendimentos das famílias se deve à TR. O Acre é o 19º colocado com 15% dos rendimentos devidos à TR, abaixo da média brasileira (19,3) mas à frente de cinco dos sete estados da região.

Quando se refere à renda per capita das TR, a maior é a do Distrito Federal e a menor é a do Aamapá. A do Acre é a 20ª, estando à frente de quatro estados da região.

Em resumo: O Acre é na região o segundo estado em que a renda das pessoas mais depende da transferência de renda e é o terceiro no valor per capita desta renda.

Nenhum comentário:

Postar um comentário