sábado, 31 de julho de 2010

Candidatos ao Senado: Qual a sua missão?

Ao invés de fazer de suas campanhas apêndices exclusivos das campanhas ao governo, os candidatos ao senado bem poderiam, a exemplo do César Maia no Rio de Janeiro, criar a sua própria agenda e pautar a campanha trazendo ao debate temas com os quais deverá lidar no Senado. O eleitor precisa saber que senador não é muleta de governador ou vice-versa. Tem uma missão importantíssima a desempenhar além daquela vinculada ao programa de governo que abraça.

Agrupadas em 17 temas, o ex-Prefeito César Maia agendou 52 propostas (ver aqui ) que servirão de base para os seu mandato. Com isto a população em primeiro lugar fica sabendo qual é o papel do senador, em segundo posiciona cada concorrente em relação  aos temas apresentados e, em terceiro, compara os concorrentes. A decisão deixa de ser uma espécie de "me diga com quem andas" e passa a ser "me diga o que tu és". Bem mais razoável, não?

Nenhum comentário:

Postar um comentário