quarta-feira, 18 de novembro de 2009



Leio no ex-Blog do César Maia o seguinte:

“Pelo jeito, a campanha do governo já tem a sua agenda: Lula. Todo o resto (PAC, Bolsa Família, saída da crise...) será miragem. Lula é uma agenda forte e vencedora? Pode ser. Mas agenda se disputa na batalha eleitoral. Se essa agenda for o debate da campanha, ela/ele ganha. Cabe à oposição impor a sua. Mas, para isso, precisa ter agenda. Por enquanto, nem candidato tem. E a agenda precisa ser personalizada pelo ator que caiba nesse papel.” O negrito é meu.

É isso ai. Vale lá, vale cá e vale em qualquer lugar. Bom este César Maia.


A ilustração acima foi capturada DAQUI

Nenhum comentário:

Postar um comentário