terça-feira, 17 de novembro de 2009

Emendas parlamentares - a vez dos prefeitos




Já disse aqui o que penso das emendas parlamentares ao Orçamento Geral da União, especialmente aquelas individuais que o parlamentar de modo geral distribui entre seus prefeitos correligionários.

Sabe-se agora que para 2010 o Governo Federal diminuiu fortemente os valores destinados às emendas de bancada e engrossou as emendas individuais com mais 25%. Cada parlamentar vai dispor de 12,5 milhões de reais para alocar onde queira entre os programas do orçamento federal. Ao todo, 594 parlamentares (513 deputados federais e 81 senadores) vão dizer ao Governo como utilizar R$ 7.425.000.000,00 (sete bilhões e quatrocentos e vinte e cinco milhões de reais). É muita grana.

O resultado parece evidente. Ao invés de fortalecer as emendas de bancada que em tese são mais amplas, programáticas e estruturais, o governo faz opção por adoçar o bico dos parlamentares e prefeitos. Isto, justo em ano eleitoral.

E então? Não é uma maravilha?


A ilustração acima foi capturada DAQUI

Nenhum comentário:

Postar um comentário