domingo, 1 de novembro de 2009

FHC entra no jogo para pôr as coisas e pessoas nos devidos lugares.


Num artigo publicado neste domingo em vários jornais o ex-Presidente Fernando Henrique Cardoso disse muitas e boas ao Presidente Lula.

COMENTO

Em um texto lúcido, simples, de fácil compreensão ( leia a íntegra aqui ), na medida certa Fernando Henrique semeia a inquietação: para onde vamos?

De fato, a julgar pelo que propõe FHC, sobram motivos para preocupação. Se Lula que já renegou a esquerda nos trouxe até esta situação basbaque, que aceita tudo docemente, que acha graça de fazer comício fora da lei, que acha razoável driblar a fiscalização do TCU, que deixa pra lá a palhaçada em Honduras (só para ficar nas últimas semanas), o que poderá acontecer daqui em diante?

Enfim alguém de peso nas oposições aponta o dedo para as características do que estamos vivendo. Mas... Porque o FHC?

Tenho uma teoria. FHC puxa para si o antagonismo com Lula. Tipo ex-presidente contra ex-presidente. Em conseqüência, candidato contra candidato, ou, Serra contra Dilma. Os marqueteiros do PT já se deram conta do perigo que é deixar a Dilma ser candidata por si mesma. Desconfia-se que sua marca (de eficiência) não resistirá. Precisa ser carregada no colo. Ela, aliás, já aceitou o sacrifício de personalidade. Irá às eleições usando a cara do Lula. O PSDB vendo isso tenta pôr as coisas em seus devidos lugares.

Não interessa ao candiadato tucano entrar em campo contra o Lula. Com esta estocada, FHC tenta puxá-lo para a arquibancada. O presidente Lula terá que responder. Pausa.

Nenhum comentário:

Postar um comentário