sexta-feira, 1 de julho de 2011

Mais cinco anos no lombo. Aguardem.

Lembram de quando a dona Dilma disse na TV que a velhice deveria ser empurrada mais pra frente um tantinho? Pois é. Não se supreendam se entrar na pauta pelos próximos dias o aumento da idade para a aposentadoria. Talvez uns cinco anos mais o brasileiro terá que trabalhar para o descanso que as pernas, a coluna e a mente reclamam. A moda já pegou na Europa, que para se safar da crise olha atravessado para os trabalhadores.

Com a saúde trambecando, os hospitais sem leitos, UTI's, médicos, enfermeiras, equipamentos e remédios, os brasileiros terão que arrastar o esqueleto mais um tantinho. É que o déficit da Previdência precisa ser diminuído.

Nem me atrevo a dar pitaco em áreas que não conheço. Vai ver, é assim mesmo, afinal, com a população vivendo mais, mais tempo terá que trabalhar e recolher ao sistema para financiá-lo. Não deixa de ser um bom argumento. Gostaria apenas que de uma vez por todas fossem rigorosamente combatidas TODAS as sonegações e eliminadas TODAS as aposentadorias milionárias, imorais e superpostas que fazem a boa vida dos apaniguados. Não é justo empurrar um professor ou uma enfermeira para mais cinco anos de sacrifício enquanto privilegiados se fartam precocemente.

Nenhum comentário:

Postar um comentário