quarta-feira, 27 de julho de 2011

Faxina no quartinho chamado Ministério dos Transportes. E a cozinha?

Tem gente com mania de limpeza. Sei porque vivo com uma há 27 anos. Até a apelidei de superclean. Para essas pessoas a simples idéia de deixar um prato sujo na pia para o dia seguinte é uma tortura. Parece que algo fica zoando em suas mentes... o prato na pia... o prato na pia... O jeito é ir lá e limpar logo.

A que vem isso? Vem a propósito da faxina que a dona Dilma está promovendo no ministério dos transportes de onde já expulsou pelo menos 19 ratos graúdos e médios. Dizem que os miúdos não perdem por esperar. Todos sabem que um ministério entregue ao PR, se fosse limpo viraria um chiqueiro em dias, vindo sujo então... Sendo assim, a limpeza por lá nem era mais questão de asspesia, mas de elegância, o mau cheiro vindo daquelas bandas era insuportável em todos os cantos da República. A faxina impunha-se.

Mas, e o resto da Casa? Como será que estão as dependências ocupadas pelos outros hóspedes, tipo PMDB, PDT, PTB, PSB... E a cozinha? Como será que está a cozinha da República? Alguém vaii lá dar uma olhada ou espera-se que o mau cheiro denuncie a podridão?

Meu falecido pai dizia sempre que voce conhece os donos da casa é quando entra na cozinha. Pratos limpos, copos limpos, panelas brilhando, chão limpo... Tudo isso confirma o cuidado que a família tem com as próprias coisas, com a própria saúde e com quem chega de visita. Em uma casa que tem a cozinha limpa se pode entrar e comer sem medo, em quem mantém a cozinha limpa se pode confiar.

Nenhum comentário:

Postar um comentário