quarta-feira, 6 de julho de 2011

Dona Dilma, voce não é o Lula.

Está em todos os jornais e blogs que o ministro moribundo Alfredo Nascimento também tem o seu "ronaldinho" dos negócios. Nos dias atuais, quem não tem, né? O menino, aos 27 anos, já é dono de uma empresa cujo capital social ultrapassa 50 milhões de reais. Nem com consultoria do Palocci uma empresa normal descobriria fórmula tão rápida de enriquecimento. Novos velhos tempos em que a manutenção da base de apoio depende de concessões à roubalheira.

Neste caso o que surpreende é que a dona Dilma tem capital sobrando no Congresso. Não precisa passar a mão no focinho dos ratos do PR. Poderia, além de se livrar do Ministro e seus asseclas, superar o trauma do caso Palocci e mandar de vez uma mensagem para os partidos, o governo e a população de que não tolera a corrupção. Não entendo porque não o fez. Esse ministro já era, não tem mais moral nenhuma, não pode representar o estado, não pode fazer acordos. A impressão que fica é de que a dona Dilma coonesta o mau caratismo, o que significa péssimo sinal para os dirigentes e servidores públicos.

Tudo bem que a dona Dilma faz um governo de continuidade. Mas até nisso? Há limites. Ao Lula a população deu licença para fazer e falar qualquer coisa. É, literalmente, inimputável.  Mas, só ele. Não se atreva a dona Dilma a exigir o mesmo tratamento. Seria um erro impeerdoável.

Nenhum comentário:

Postar um comentário