segunda-feira, 11 de julho de 2011

Lama, corrupção... Que sina!

As bandalheiras descobertas no ministério dos transportes podem ser o fio de uma meada sem fim que trará à cena outras figuras ilustres da política nacional. Não é de hoje que senadores, governadores e prefeitos se abstecem no cofrão do ministério dos transportes. Campanhas políticas e fortunas privadas foram financiadas pelos buracos de nossas estradas. Uma vergonha. Um amigo do ramo me garante que no Brasil as estradas poderiam ser feitas pela metade do preço se não tivessem que pagar a propinagem que começa no fiscal da obra e termina no Ministro, passando por vários degraus incluindo parlamentares.

Isto pelas velhas regras. Imagine-se agora que só quem sabe o preço estimado da obra é o proprio governo e, obviamente, os amiguinhos empreiteiros. Como diz o meu velho sogro, "o Brasil é muito grande, senão como poderia sustentar tanta roubalheira?". Pior é saber que nada se faz para conter a roubalheira. Pelo contrário. Estão facilitando as coisas para que as obras da Copa do Mundo sejam aceleradas. É a aceleração da aceleração. Não tem jeito desse pacote não sobrar na curva espalhando merda pra todo lado.

Um comentário:

  1. A roubalheira está oficializada e liberada geral. Uma vergonha para os brasileiros. Com tudo isso, ainda há o perigo dessa Copa do Mundo ser o maior fiasco de todos os tempos no Brasil. Não temos estrutura e também não temos time pra chegar as quartas de final. Estamos ferrados!

    ResponderExcluir