quarta-feira, 18 de agosto de 2010

Debate no UOL - duas contra um e o veneno da Marina.

Vimos hoje no UOL (aqui) o melhor debate entre os candidatos à presidência ocorridos até agora. Com perguntas entre si, de internautas e de jornalistas, os candidatos puderam ser mais claros e, por vezes, mais incisivos. Os rostos começaram a se apresentar sem a maquiagem de sempre. As palavras foram mais duras, as acusações mais diretas. As defesas, idem.

Dilma e Marina trocaram gentilezas até quase o final na estratégia "Eu levanto e voce corta. É ponto e vamos pro abraço." Serra foi direta e indiretamente atacado pelas duas e atacou a Dilma e o PT. Creio que a Marina Silva, certamente influenciada pelas últimas pesquisas, parece identificar no Serra o adversário. Talvez achando que poderá ultrapassá-lo. Não creio.

A mais interessante criação do debate foi da Marina Silva que, como se sabe, é uma frasista de carteirinha. Seu bauzinho de neologismos e frases de efeito é fundo. Talvez para contrabalançar sua postura no debate, foi à Dilma que dirigiu a flecha mais venenosa, quando tratou muito rapidamente, mas com efeito, da tentativa de infantilização da sociedade, que é a estratégia eleitoral que a dona Dilma emprega de ser a mãe do povo sucedendo o pai dos pobres e que pode, se devidamente explorada, lhe criar problemas. Serra, por sua vez, experimentou do veneno da Marina quando ela se referiu à favela virtual do programa de TV do Serra.

Dado seu maior alcance, se nos próximos debates nas TV's a forma adotada seguir a mesma linha e os candidatos não se escudarem no bom mocismo, os efeitos podem ser realmente interessantes e promover algum efeito prático na preferência do eleitorado.

Nenhum comentário:

Postar um comentário