segunda-feira, 9 de agosto de 2010

As três peneiras da sabedoria, que também são da ética.

Campanha eleitoral e os ânimos se acirram, as pessoas perdem o controle verbal, os golpes vão abaixo da linha da cintura e a ética vira letra morta. Não sei porque ainda me surpreendo.

Há algum tempo aprendi, através de uma parábola, uma lição que a meu ver deveria ser ensinada em todas as escolas e seguida por todos, especialmente por aqueles que de algum modo adquirem inserção significativa na politica e na sociedade. Do modo mais resumido a parábola é a seguinte:

Um mestre consultor chegou perto do Mestre dizendo-lhe ter uma excelente novidade do segundo mestre consultor. O Mestre interrompeu seu raciocínio, perguntando:

Já passastes a novidade pelas 3 peneiras?

Que peneiras Mestre?

Tudo que dissestes de alguém, tem que passar antes pelas três peneiras da sabedoria, a primeira delas é a peneira da verdade.

Voce tem absoluta certeza de que o que te contaram é verdade?

Responde o mestre consultor: Não sei bem, porque não tive como comprovar.

Então sua novidade vazou pela primeira peneira. Acaso ficará na segunda, que é a peneira da bondade?

É alguma coisa que gostariam que dissessem de ti?

De modo algum Mestre! Claro que não!

Portanto sua novidade acabou de vazar pela segunda peneira. Quem sabe ela ficará retida na terceira que é a peneira da utilidade.

Achas que é realmente útil passar essa historia adiante?

Não! Disse o mestre consultor, não há nenhuma utilidade nesta novidade!

Então sua novidade vazou pelas três peneiras e se perdeu na imensa terra. Nada sobrou para ser contado.

Veja-se que a primeira peneira é a da verdade. Se o que se diz de alguém não vem acompanhado de prova da verdade, não deveria ser dito. Mais grave do que a omissão perante o abuso, o descaso e a corrupção, é a acusação sem provas, a denúncia sem fundamento, a maledicência irresponsável.

Quão bom seria que em tempos de eleição as três peneiras da sabedoria não fossem jogadas ao léu com tanta facilidade!

Nenhum comentário:

Postar um comentário