segunda-feira, 25 de outubro de 2010

Prêmio Sakharov vai para dissidente cubano. Por aqui...

O Parlamento Europeu concedeu ao dissidente cubano, jornalista Guillermo Fariñas, o Prêmio Sakharov para a Liberdade de Pensamento. Quem acompanhou sua última greve de fome em defesa de outros presos políticos cubanos sabem da importância do reconhecimento à sua luta.

Por aqui, inspirados no PNDH-3 do governo federal, algumas assembléias legislativas estaduais vão na contra-mão e, a exemplo do que ocorreu no Ceará, procuram formas de criar constrangimentos à liberdade de imprensa. O modelo chavista em plena expansão na América Latina tem tudo para tomar fôlego no Brasil dependendo de quem vença as eleições. A despeito da gravidade do tema, intelectuais, jornalistas e blogueiros pré-pagos, como diria Hélio Fernandes, se omitem ou endossam as ameaças às liberdades. Que tempos vivemos!

Nenhum comentário:

Postar um comentário