segunda-feira, 26 de outubro de 2009

“Quando o mar está calmo qualquer um pode ser timoneiro” Publio Siro (85-43 AC)


Este é o drama de certas viagens. Na calmaria da véspera da tempestade todos se candidatam a pegar no leme. Qualquer um se acha. Qualquer um imagina que os ventos soprarão a favor e que os marujos baterão continência.

Diante do mar revolto é que surge o verdadeiro comandante. Aquele que sabe o caminho, que conhece o mapa das estrelas, que tem a liderança. Infelizmente, algumas vezes mentes maliciosas, invejosas e hipócritas sabotam o barco que naufraga levando todos ao fundo. Moral da história – viagens tormentosas não são pra qualquer um.

Assim é também na política.

Nenhum comentário:

Postar um comentário