domingo, 25 de outubro de 2009

Não dá pra não roubar?



Este bombardeio em cima do TCU, do MP, do IBAMA etc. para destravar o Brasil deveria fazer o brasileiro pensar. Lá em cima reclamam que com a fiscalização fica impossível trabalhar.

COMENTO

Refletindo sobre isso me lembrei de um filme da série James Bond cujo titulo “licença para matar” era uma espécie de salvo-conduto para que o herói alcançasse seu objetivo a qualquer preço. O agente 007 não se fez de rogado. Matou e matou em nome da rainha.

Será este o caso? Você ai que precisa de energia elétrica, de uma estrada, de um hospital ou de uma casa, está disposto a fazer vista grossa à roubalheira desde que a obra seja concluída? Autorizou alguma autoridade a levar um “por fora” para que o serviço seja concluído?

Garanto que eu não. Não autorizo ninguém a roubar ou desobedecer qualquer norma vigente sob pretexto de acelerar seja lá o que for. Quero que os ritos sejam cumpridos, que as leis sejam obedecidas, que a minha grana seja bem aplicada e não admito sequer discutir este assunto.

Quero que os impostos que eu pago sejam rigorosamente bem administrados, que não sejam desviados, que não alimentem nenhuma máfia, que alcancem a máxima eficiência. Não abro mão disso. Se por excesso de ladrões por perto for preciso demorar, tem nada não, eu espero.

Nenhum comentário:

Postar um comentário