domingo, 13 de junho de 2010

Dilma ainda não aprendeu a ler no teleprompter.

Acabo de ver o discurso da Dilma Roussef no lançamento de sua candidatura. Definitivamente a comunicação não é seu forte. Passeou superficial e burocraticamente por quase toda a pauta de governo sempre afirmando que está sendo feito e que continuará a fazer, lembrando Lula como um mantra. Ainda não conseguiu (provavelmente não fará) demonstrar uma identidade própria. Sua fala não tem emoção, o que sobra em Marina Silva.

Fez um discurso de PRESIDENTA, embora lido e mal lido. A maior micada ficou para o final quando contou uma historinha obviamente falsa, pois ninguém se aproxima dela em aeroporto nenhum, ainda mais para uma conversinha daquelas. A Dilma esqueceu que aquela frase era o "grand finale" do discurso e simplesmente a leu passivamente. O teleprompter apagou e ela ficou com cara de pastel. Falta de treino dá nisso.

Imagino que a assessoria da Dilma deve estar numa tremenda sinuca de bico. Se larga a candidata ao improviso é uma temeridade, se a adestra no teleprompter (ainda não conseguiu) fica escrava do recurso e perde a emoção. A continuar assim duvido que vá aos debates.

Um comentário:

  1. Nielsen Macambira14 de junho de 2010 10:44

    Isso que dá se deixar conduzir tal como um burrico... Virou uma piada, mas isso é bom prá baixar a bola de 'Mulher-Maravilha' do PT... Nem o papo de ex-guerrilheira da esquerda convence + ninguém... Dilma não poderia ser jogada aos leões sem respaldo em cargos públicos anteriores. É uma temeridade, mas pudera não se podia esperar muito uma vez que foi 'confeccionada' a toque de caixa no fundo de quintal do Lula... Ninguém merece...

    ResponderExcluir