sexta-feira, 26 de agosto de 2011

A faxina contra a pobreza. Deles.

Somente agora, depois das últimas declarações da dona Dilma, é que me caiu a ficha. Ela disse literalmente "A minha faxina é contra a pobreza". Ah, bom. Antes dos brasileiros, os ratos da esplanada que conheciam o pensamento da Presidente pensaram: "Isto é comigo. Também sou povo". Dai em diante pisaram, cada um a seu modo, no acelerador do enriquecimento. No Ministério dos Transportes onde a estrada já estava pavimentada, pegaram racha de superfaturamento. No Turismo, com a praça cheia de gente, fizeram a festa da corrupção. Na Agricultura, com a produção bombando, comeram o churrasco da esculhambação. No Ministério das Cidades, com o esgoto correndo a céu aberto, nadaram de braçada. Por enquanto é o que apareceu na mídia, mas com certeza tem mais gente realizando por conta própria a eliminação da própria miséria.

Vejam só o alcance da mensagem subliminar.

Nenhum comentário:

Postar um comentário