quarta-feira, 3 de agosto de 2011

De volta à economia malthusiana?

No livro "Adeus às Esmolas" presente nas estantes dos economistas junto ao clássicos "A Riqueza das Nações" e "O Capital", o economista Gregory Clark, para responder questões fundamentais sobre a economia mundial, propõe um mecanismo simples, a Armadilha Malthusiana segundo a qual "os aumentos a curto prazo no rendimento, obtidos por intermédio dos progressos tecnológicos, se perdiam inevitavelmente devido ao aumento da população". Na lógica malthusiana desenvolvida por Clark o controle de natalidade teve importância fundamental até a revolução industrial.

Essa mesma lógica parece presidir a atuação dos alarmistas do aquecimento global. Pelo menos a julgar pelas recentes e assíduas manifestações de seus mais importantes e conhecidos líderes mundiais, AL Gore e Bill Gates. O primeiro, já este ano em aparição em New York, afirmou com todas as letras que devemos educar as mulheres e dar-lhes autonomia (leia-se incentivar o aborto) para decidir quantos filhos querem ter. O segundo é sempre mais enfático. Gates quer desenvovler e produzir em alta escala vacinas esterilizantes. Tudo pela despopulação do planeta através da diminuição da taxa de natalidade. Ações obscuras via aumento da mortalidade certamente não são descartadas.

Como pretexto para tudo isso apresentaram o "aquecimento global antropogênico".  Este, aliás, já desmoralizado pela verdadeira ciência e pelos fatos, está sendo aos poucos substituído pelas "mudanças climáticas" cuja representação parece mais assimilável. Os céticos que já provaram que não há aquecimento global antropogênico como atesta a regularidade das temperaturas na última década, terão agora que provar que o homem não causa alterações climáticas de qualquer ordem. Eles, os alarmistas (malthusianos enrustidos), não precisam provar nada, já possuem o "consenso científico" exacerbadamente divulgado por seus sócios na mídia.

Em tempo. A quem desejar comprender um pouco mais do que está por trás da AGA recomendo a leitura do livro "Adeus às Esmolas" de Gregory Clark. Tem tudo a ver.

Nenhum comentário:

Postar um comentário