sexta-feira, 28 de maio de 2010

A dança da ilegalidade.

Como era esperado a oposição foi à dança da ilegalidade promovida pelo PT em em seu horário eleitoral. O DEM mostrou ontem em seu programa trechos do encontro em que o candidato tucano se apresentou como pré-candidato. Sem precisar de âncora, José Serra abordou vários assuntos e assumiu o slogan de que o Brasil pode mais.

O PT seguramente entrará com representação pedindo punição ao DEM. É do jogo que ele próprio iniciou confiando que a pena é ridícula - perda de tempo de TV no próximo ano. Deveria a oposição fazer o contrário e se limitar ao estritamente legal, omitindo o José Serra?

Sim, deveria. Desde que pudesse confiar em que as instituições fariam o serviço correto, ou seja, punir exemplarmente a contumácia de ilegalidade promovida pelo presidente Lula em favor de sua candidata.
Mas, sabe-se de antemão que isto não acontecerá. Bastou o MPF ensaiar uma orientação mais firme para que fosse acusada de golpista. Há quem queira licença para delinquir.

Sendo assim, a oposição enfiou o pé na jaca. Fez propaganda do Serra no programa do DEM e certamente fará nos que ainda restam - os do PPS e do PSDB. Assistiremos seguidos exemplos de como se joga a Lei na lata de lixo. Espero que o exemplo não transborde para os estados.

Nenhum comentário:

Postar um comentário