terça-feira, 15 de dezembro de 2009

O filminho vagabundo de Al Gore pode ir para a lixeira

Segundo o "Los Angeles Times" (AQUI ) Roger L. Simon e Lionel Chetwynd, ambos membros da Academia, querem que o Oscar dado ao Al Gore por aquele filminho vagabundo seja devolvido por fraude nas informações que divulga.

O documentário de araque já foi alvo de uma decisão da Corte Suprema da Inglaterra e Gales, número 2007/EWHC 2288 Adm. CO/3615/2007 - Caso Stuart Dimmock versus Ministério da Educação - que proibiu a exibição do filme nas escolas, até corrigirem 11 erros graves nele existentes. Segundo o cientista brasileiro José carlos de Azevedo, ex-Presidente do INPE, no filme podem se contar até 35 erros.

Depois desta e do CLIMATEGATE, falta alguém pedir o Nobel de volta.

Nenhum comentário:

Postar um comentário