quarta-feira, 9 de dezembro de 2009

CLIMATEGATE - Pegos no flagra, Al Gore e seus discípulos querem ganhar no grito.

Finalmente o Edir Macedo do aquecimento global resolveu aparecer para falar sobre o CLIMATEGATE. Em entrevista ao canal CNN dos EUA, Al Gore tratou do tema. Visivelmente a contragosto foi obrigado a responder sobre o que achava dos e-mails trocados entre cientistas importantes nos quais fica evidente a manipulação de dados climáticos e o interesse em criar dificuldades para a publicação de trabalhos científicos por cientistas contrários à tese alarmista.

No final das contas não disse muita coisa. Para ele trata-se apenas de gente que não quer fazer nada a favor e tenta perturbar o trabalho dos outros. "The leaking of the messages was "an example of people who don't want to do anything about the climate change crisis taking things out of context and misrepresenting them."

Se Al Gore e seus adeptos tem tanta certeza de seus dados e de suas previsões, por que raios não concordam em abrir o debate e, de uma vez por todas, encerram a questão afirmando cientificamente suas teses?

Não. Eles não querem e não precisam disso. Já dominaram a mídia, governos e organizações. O mercado já sentiu o cheiro do verde e anda frenético. Empresários esfregam as mãos. Politicos, jornalistas, consultores, ambientalistas e outros que jamais sairiam do anonimato estão ficando famosos. Pra que discutir?

Querem ganhar no grito, encerrando na marra uma questão que verdadeiramente está em aberto. Note-se (está no vídeo) que nos EUA, apesar da predominância dos alarmistas, o percentual de pessoas que acredita na origem antropogênica do aquecimento global diminuiu de 54% para 45% entre 2008 e 2009. A ciência verdadeira e o futuro responderão.


A entrevista pode ser vista AQUI

Nenhum comentário:

Postar um comentário