domingo, 8 de maio de 2011

Thaumaturgo Lima tem lado. O do Brasil.

Não sei o que pensam os outros deputados acreanos sobre o código florestal, mas pela reportagem de hoje em A Gazeta, o deputado Thaumaturgo Lima inicia honrando os seus eleitores. Ao invés de fazer côro ao "politicamente correto" e economicamente atrasado que sustenta a fama e o emprego de personagens e ongueiros Acre e Brasil afora, Thaumaturgo foi incisivo. "As pressões externas estão muito fortes. A gente sente essa pressão não só no Congresso Nacional, mas também na imprensa. Há uma interferência de entidades e ONGs que querem ditar as regras no nosso país. Nós temos uma soberania e não podemos nos submeter à pressão de ninguém. É preciso fazer o que é melhor para o Brasil". É isso aí, deputado. Parabéns.

Nenhum comentário:

Postar um comentário