terça-feira, 31 de maio de 2011

Jorge Viana vai relatar o Còdigo Florestal. Que missão!

Se tinha que ser do PT, não poderia ter sido melhor a escolha pelo governo para relatar o Código Florestal. Pela experiência e conhecimento da causa, Jorge Viana reúne entre todos as melhores condições para a missão. Não sei o que ele pensa a respeito já que na Câmara petista votou a favor e petista votou contra. Não há, portanto, uma posição partidária única e fechada.

Pelo que se sabe, o governo, este sim, tem posições firmes e contrárias ao texto, o que, de certo modo transfere ao relator certas expectativas. Não será fácil a tarefa do Jorge. Tarefa que, aliás, não é apenas técnica, é política, é de negociador. A vantagem é que terá voltadas para si nos próximos meses as atenções de toda a imprensa e organizações ambientalistas internacionais. Além disso, talvez mais importante, é que se obtiver êxito na empreitada verá seu próprio prestigio batendo no teto junto ao governo. Aguardemos.

Nenhum comentário:

Postar um comentário