terça-feira, 16 de março de 2010

Meia volta no famigerado PNDH - 3. Salve a democracia!



Os trapaceiros do PNDH não suportaram a pressão da opinião pública. O Ministro dos Diretos Humanos, Paulo Vanuchi, anunciou hoje que vai retirar do texto do Programa suas principais sandices - a exdrúxula audiência precedente à liminar de reintegração de posse, a liberação do aborto, a proibição de símbolos religiosos em órgãos e bens públicos e o controle da imprensa. Antes já haviam cedido á pressão militar e retirado a tal Comissão da Verdade. Menos mal.

Desconfio que tal decisão foi provocada pela campanha eleitoral já em curso (pelo menos de um lado). A manutenção daquele troço obrigaria a companheira de armas do Vanuchi a defender teses muito incômodas em situações mais ainda. Outro dia ela escapou de fazê-lo na CCJ do Senado.

A julgar pelas declarações de seu defensores, foram jogados no lixo decisões fundamentais extraídas em centenas de audiências (Ô povinho pra gostar de audência entre eles mesmos) que envolveram 14.000 pessoas. As abortistas, os repressores da liberdade de expressão e os invasores de propriedade alheia devem estar rangendo os dentes.

P e r d e r a m!

Nenhum comentário:

Postar um comentário