sábado, 26 de fevereiro de 2011

Enquanto os jovens morrem...

Somos campeões mundiais de mortalidade juvenil. Nos últimos anos a situação tem piorado no ritmo do aumento do tráfico e consumo de drogas, basta ver que o crack já dissolve famílias nas pequenas cidades do interior do norte  e nordeste. Estamos perdendo a nossa juventude. Que país teremos no futuro?

Enquanto a situação se deteriora, os governos demonstram total incapacidade de lidar com a questão da violência. Segundo as recentes estatísticas o nordeste tomou a dianteira da criminalidade, o que é percebido facilmente por quem, como eu, visita regularmente a região. Assaltos à luz do dia, roubos em residencias, enfrentamentos com a policia, tudo que era noticia nos jornais nacionais virou noticia rotineira nas pequenas cidades. Onde vamos parar?

Prioridade zero em campanhas eleitorais, a segurança é abandonada logo depois dos resultados das urnas. Cadê os aviõezinhos não tripulados que monitorariam a fronteira? Onde está o combate incessante ao tráfico de drogas? Até onde a minha vista alcança vejo é o risco de corte de recursos, a suspensão de programas e, consequentemente, o aumento da violência e mais jovens sucumbindo nesta guerra insana.

Nenhum comentário:

Postar um comentário