segunda-feira, 1 de novembro de 2010

Serra "é apenas o começo".

O discurso do Serra foi surpreendente. Tenho certeza de que a maioria esperava uma fala mais simples, de reconhecimento ao vencedor, de desejo de sucesso, de agradecimento e só. Não foi. O José Serra de certo modo chamou a responsabilidade para si e para seu partido. Longe de pendurar as chuteiras, ele calçou as luvas e foi para seu lado do ringue. Pelo visto não dará refresco.

Fato é que a oposição ganhou as eleições para o governo estadual em 10 estados que reúnem 52% da população, entre eles alguns dos mais importantes da federação e, a partir dai, pode articular com Aécio Neves no Congresso, e Beto Richa, Anastasia e Alckmin entre os governadores, uma trincheira em defesa de questões que ele mesmo explicitou - a liberdade e a democracia.

Haverá, contudo, dificuldades internas. A fila anda e quem está na vez do comando é Aécio Neves.

Nenhum comentário:

Postar um comentário