quinta-feira, 16 de dezembro de 2010

Salários altos para uns, baixos para outros. A culpa é de quem contrata.

O que faz uma remuneração ser justa? Só pode ser o trabalho realizado em troca, certo? Funciona com o pedreiro que contratamos e deveria funcionar com os políticos. Ai é que está o Xis da questão dos salários dos parlamentares e executivos do setor público. Em anos de convívio com alguns deles, posso afirmar que há alguns (poucos) para os quais este salário, já aumentado, é injusto por ser baixo frente à tarefa executada. Em contraparte, há outros (a maioria) para os quais um salário mínimo seria exagero pois na prática estão ali em prejuízo da sociedade, portanto deveriam ter renda negativa.

Sendo assim, o Tiririca terá um supersalário, já o Roberto Freire pagará para trabalhar. A culpa é nossa que estamos elegendo (contratando) mais tiriricas e romários do que Robertos Freire ou Ariostos de Holanda.

Nenhum comentário:

Postar um comentário