sexta-feira, 2 de março de 2012

Marina Silva, a internacional.

Dizem os jornais que a Marina Silva resolveu pedir ajuda internacional para os alagados do Acre. Pois bem. A questão que me vêm à mente é: Com todo o prestígio que tem, por quê não pressionou o governo federal e ao invés disso, logo tratou de estender o pires fora de nossas fronteiras? O Brasil não tem condições de arcar com os custos da emergência acreana? O governo federal é assim, tão insensível que não se importa com os acreanos?

Nada disso. É que com a Marina o negócio é lá fora. Nessa interlocução ela vai à frente. Se fosse acompanhar a romaria dos últimos dias ao palácio teria que dividir os holofotes com a bancada acreana hoje liderada pelo bom Taumaturgo Lima. Como há muito está devendo aos acreanos, achou melhor tomar sozinha um atalho que conhece bem - a vereda dos gringos.

Pergunto: É necessário? É nada. O volume de recursos necessários para resolver o drama acreano é uma ninharia no orçamento. Pedir este tipo de ajuda lá fora é quase uma humilhação. Só espero que, caso consiga, não tenhamos que devolver trapos usados.

Nenhum comentário:

Postar um comentário