quinta-feira, 20 de outubro de 2011

Quem com João Dias se mistura...

O PC do B aproveitou o programa eleitoral para fazer a defesa do Ministro Orlando Silva. Colocou-se como o partido da ética e acusou uma tentativa de emporcalhar o partido. No geral o texto foi paupérrimo. Clichês no balde e canastrões em cena.

Não entendi foi a acusação contra o delator. Pareceu que o amiguinho de outrora faria parte de uma conspiração contra o PC do B. Fala sério. Nem que João Amazonas e Luis Carlos Prestes viessem juntos de onde estão fariam o PC do B gerar uma ação conspiratória de quem quer que seja. Não tem essa importância.

Outra coisa. Todo delator é deplorável, mas se não existissem os malfeitos não seriam descobertos. É claro que o João Dias não vale nada, mas queriam o quê? Queriam que o delator fosse a Madre do convento? Gente séria não delata. Gente séria não se envolve em esquemas de corrupção.

Nenhum comentário:

Postar um comentário