sábado, 22 de outubro de 2011

Lama mole em casco duro tanto bate...

Seguindo instruções do ex-presidente Lula, o ainda ministro Orlando Siiva resolveu mostrar que tem o casco duro e promete resistir. Obviamente, até quando a dona Dilma resolver que com casco duro ou não tá na hora de faxinar a quadra onde o esporte favorito é enfiar a nossa grana no bolso e nas despesas do partido. Mais um que se vai enlameado pela chafurdagem no chiqueiro em que transformaram o ministério.

Quando vai chegar a hora? Não sei. Segundo alguns articulistas, deve ser quando a lama bater à porta do partido da dona Dilma trazida pelos pés do ex-comunista, o atual governador do DF Agnelo Queiroz, enrolado até o pescoço em malandragens já fartamente denunciadas na imprensa.

Casco duro nem sempre resolve. Desconfio que desta vez não é a dureza do casco que salvará o elemento. A receita que serviu para o Lula é personalíssima, não pode ser transferida. Orlando Silva já era.

Com a saída do seu ministro pelo esgoto o que fará o PC do B? Vai incendiar o pais com os meninos da UNE pré-paga? Vai mover uma luta dos trabalhadores contra a Veja? Vai nada. Vai estrebuchar um tiquinho  para a coisa não "pegar" no partido, depois fica quieto e tenta botar outro camarada no lugar, o que não será fácil, pois a esta altura do campeonato tem muito craque de outros times de ôlho na posição.

Nenhum comentário:

Postar um comentário