terça-feira, 6 de abril de 2010

Quando o silencio vale ouro e as palavras deveriam ser castigadas.

Há momentos, muitos,

em que o silêncio deveria ser

premiado. Senão, sugerido.

Senão, imposto.

Ou, aquele que tombou

não deveria sair de sua maca

para falar asneiras.

2 comentários: