sexta-feira, 30 de abril de 2010

Lula não perde uma oportunidade jamais.

Ontem em cadeia nacional rádio e TV que somente deve ser usada para mensagens oficiais de interesse do Estado, Lula não conseguiu trair a sua própria natureza. A do oportunismo. Quase não se referiu ao dia do trabalho que seria o pretexto da fala, fez um balanço do seu governo e mandou ver:

"Meu período de governo está chegando ao fim. Algo me diz que este modelo de governo está apenas começando. Algo me diz, fortemente, em meu coração, que este modelo vai prosperar. Porque este modelo não me pertence: pertence ao povo brasileiro. Que saberá defendê-lo e aprofundá-lo, com trabalho honesto e decisões corretas."

Os grifos são meus. Se isto não é campanha eleitoral em mensagem indireta, tenho que voltar aos quatro anos de idade quando aprendi a ler.

Um comentário: