segunda-feira, 11 de abril de 2011

Ô vidinha dura...

Ando um tantinho afastado da leitura de jornais, revistas e blogs. Toda concentração é pouca quando o sujeito resolve imergir em temas acadêmicos, mesmo assim, para não perder o vício tentei imaginar o que seria um balanço dos cem dias de governo. Sinceramente, fora a peitada que o governo deu no salário mínimo e o corte anunciado no orçamento, não vi nada. No mais, apenas o estilo discreto da dona Dilma (comparando com o Lula todo mundo se obriga discrição) e muitos problemas à vista. Alguns deles bem cabeludos. Arrisco listar alguns:

-Estaremos preparados em 2014 para realizar a Copa do Mundo? A coisa tá ficando feia. O tempo é inexorável e marcha contra nós que com a mania de empurrar o problemas mais pra frente estamos atrasados em tudo que é obra. Qualquer hora dessas alguém terá a idéia de levá-la daqui, o que a meu gosto particular seria muito melhor.

-A inflação vai voltar? Tá dificil controlar. Se aumenta a taxa de juros, o dólar cai, o povo compra mais importado, desindustrializa a economia e aumenta o desemprego. Se diminui a taxa de juros, o crédito aumenta, o povo compra mais e a inflação aumenta. Isto, por enquanto, pois no próximo ano com o aumento do salário mínimo já assegurado pelo acordo vigente na base dos 14%, a coisa vai ficar mais dificil de segurar.

-As promessas de campanha serão cumpridas? Com o arrocho fiscal já anunciado a impressão é que não teremos nem 3 milhões de casas, nem melhorias significativas na saúde, na educação, na segurança, no sistema de transporte... talvez sobre o bolsa-família e um novo imposto pendurado em nossas costas.

É... a vida é dura. Em cem dias só lambada, nada pra comemorar.

Um comentário:

  1. Preparados para 2014? NÃO! Pelo menos não até agora, e já faltam menos de dois anos como prazo final p/ entrega dos ambiciosos projetos acordados entre FIFA/CBF (pelo prazo divulgado não seriam entregues em 2014, mas já no segundo semestre de 2013!). Tem mais: 60% das casas do PAC 1 não saíram do papel na região Norte/Nordeste, que dirá o cumprimento do PAC 2... (enroladas e mancadas do Governo Lula ainda...) Olha o caso de Jirau em Rondonia aquilo lá tá parado por falta de salário e é parte do PAC! Os caras ñ fizeram aquele estardalhaço sem motivo tavam revoltados e com razão, de graça, nem relógio trabalha... Inflação não volta porque dólar tá sambando o nosso samba [do crioulo doido] e nossa economia tá mais bombada que o Homem de Ferro por conta da valorização do nosso petróleo na camada pré-sal. Promessas de campanha são nada mais que... promessas! Não gosto de Dilma, não votei nela, mas não sou brasileiro ruim que foge à luta e torço que ela pelo menos contorne a situação do caos na rede viária, portuária, aeroportos, hotelaria e segurança pública a tempo de começar o show pra inglês ver (Copa do Mundo 2014), afinal passar vergonha como sede de uma copa sendo que nosso país é cantado pelo mundo todo como 'país do futebol' vai ser muita desgraça, até mesmo para os terríveis petistas, a quem abomino e vomito... Antipatias à parte, tb acho que Dilma é a mais favorável ao PLC-122, se ela não conseguir criminalizar homofobia e regulamentar parceria civil como já fizeram EUA, Chile, México, Argentina e todas as nações civilizadas da Europa, ninguém mais aprova. Nisso tudo ela tem ganho simpatia e é, sim, melhor que o estrupício do Lula, achei muito lindo e digno da parte dela como chefe máxima de Estado, encerrar uma solenidade com voz embargada e lágrimas nos olhos para lembrar daquelas crianças mortas a quem chamou de brasileirinhos, ela não apenas emocionou-se, ela emocionou o Brasil e a mim que até então não a suportava, dando provas de que é humana apesar de até ali eu achar que ela não tinha coração... Como disse ñ morro de amores por ela, mas acho que está se esforçando. Vejamos que que nos reserva o amanhã...

    ResponderExcluir