terça-feira, 14 de fevereiro de 2012

O Reinaldo Azevedo fez a ministra aborteira pedir arrego.

Asim como creme dental que saiu do tubo, não há quem devolva as palavras ditas quando são registradas por escrito, ainda mais em tempos de internet. Botou na rede, babau. É o caso da aborteira do governo que agora, poucos anos depois da entrevista que deu à jornalista Joana Maria Pedro, publica nota desdizendo o que disse. É também covarde. Depois que o maior blogueiro e maior jornalista brasileiro, Reinaldo Azevedo, publicou a entrevista completa (publiquei antes aqui um pequeno trecho) a ministra quer dizer que não foi bem assim. Sem chance minha senhora! Vai ter que enfrentar seu passado assassino.

Ministra das Mulheres agora nega, em nota, que tenha ido à Colômbia aprender a fazer aborto. Vai ver eu inventei tudo, né?

Nenhum comentário:

Postar um comentário