segunda-feira, 24 de janeiro de 2011

Dona Dilma aperta o cinto antes que o dragão da inflação lance suas chamas.

Apavorada pela fumaça que sai das ventas do dragão da inflação que come o dinheiro do trabalhador a popularidade de qualquer governante, a dona Dilma, fazendo côro à decisão do Banco Central que deu mais um aperto monetário com a elevação dos juros, enfiou o pé no freio fiscal e anuncia um corte de 60 bilhões no orçamento.

É grana pra dedéu. O aperto vai ser notado em todos os estados quando os governadores e prefeitos começarem a ver os investimentos em marcha lenta e os projetos com dificuldades de aprovação. Dadas as condições era esperado por qualquer economista honesto que um ajuste fiscal ocorreria necessariamente. Os políticos é que à caça de votos sempre negaram. Encheram o saco de promessas e deram uma de papai Noel distribuindo sonhos como se grana gasta à granel não tivesse sérias implicações no equilíbrio das contas do governo.

E agora? Agora é eleger prioridades, sanear os ralos da corrupção e do desperdício, exigir eficiência na gestão e cobrar resultados. Projetos do tipo bom e barato sempre serão os escolhidos. É o que temos para 2011.

Um comentário:

  1. Já era esperado.Depois dos ajustes a bolsa volta a ser aberta.

    ResponderExcluir