segunda-feira, 7 de novembro de 2011

Se gritar pega ladrão...

Tem ministro com a corda no pescoço. O da semana é Carlos Lupi, do PDT. De novo é a imprensa a escarafunchar e publicar o rol de malandragens do ministério do qual o PDT se apoderou depois que morreu o Brizola. Lupi não era nada, não passava de um mequetrefe que Brizola encarregava de lidar com a burocracia partidária. Com a morte do caudilho, ele tomou conta do partido e entregou-o ao governo em troca do MTE onde gente como Paulinho da Força e outros da espécie fazem carreiras e fortuna.

A sua relação com as centrais sindicais e ONG's (sempre elas) é fedorenta. Todos já estavam cansados de saber que a qualquer momento aquele tumor estouraria. Não surpreende que a corda esteja apertando o pescoço do ministro. O que está pegando é a rotina de cabeças rolando, já que será o sexto em menos de um ano a cair por causa de corrupção. Será que não tem ninguém honesto na esplanada? PQP! Sinceramente, não quero me acostumar com isso. Do jeito que a coisa anda, logo logo queda de ministro ladrão deixará de ser notícia.

Nenhum comentário:

Postar um comentário