terça-feira, 1 de novembro de 2011

Lugar do Lula é no Sírio Libanês. O resto é inveja de liso.

Tá rolando uma confusão danada nos blogs e redes sociais sobre a doença do Lula e o SUS. Alguns provocam, a título de questionar a eficiência do sistema de saúde, o presidente ser atendido no melhor e mais caro hospital brasileiro. Uma bobagem.

O presidente Lula é hoje um homem suficientemente endinheirado para pagar o próprio tratamento ou de quem quiser, nos melhores hospitais do mundo. Aliás, acho que qualquer hospital faria isso de graça, só pela imagem do Lula por lá. O fato de ter sido presidente e responsável pela qualidade da saúde ofertada ao brasileiro comum (ele chegou a dizer que estava próxima da perfeição) não o obriga. Sabemos todos que o Lula nunca foi dado a comedimentos. Falou besteira a rodo. Esta foi apenas mais uma entre tantas. Se ele fosse cobrado por todas elas não faria outra coisa além de se explicar. Compreendamos que o Lula é o Lula. Adquiriu junto ao povo brasileiro inimputabilidade plena por palavras e atos, portanto, não é porque disse que o SUS é maravilhoso que tem que ir pra lá e se arriscar a ficar mudo de vez, no mínimo.

Então, deixemos o "cara" se tratar, e torçamos para que fique restabelecido. Quem tiver dinheiro que vá para o Sírio Libanês ou Albert Einstein, quem não tiver que se lasque no SUS. Cest la vie.

Nenhum comentário:

Postar um comentário