terça-feira, 22 de maio de 2012

Xuxa no "Fantástico".








Vi a entrevista da Xuxa no "Fantástico". Sinceridade? Achei tudo muito falso. Cada frase pronunciada como se fôra antes pensada e ensaiada. Muito mal ensaiada, por sinal. Cada gesto e olhar pareceu estudado, sem verdade.

Canastrona como atriz e insuportável como cantora, a loura que caminhava para a última fila alcançou o estrelato lançada pelo namoro com o Rei do Futebol e por uma produção primorosa da Globo que viu o grande mercado que são os "baixinhos".

Amar o Airton Senna não é nenhuma vantagem. Tirando o Nelson Piquet todo mundo adorava o Rei da Fórmula Um. Quero ver é se apaixonar pelo Zé da Padaria.

Deu um fora no Michel Jackson? Convenhamos, ali não era relação pessoal, era negócio. O Rei do Rock não era chegado, todos sabem.

Peraí. Notaram que o negócio dela é com reis? A "rainha" dos baixinhos não deixa por menos. Tá faltando é rei no pedaço. Avisem o Neymar (se não for considerado abuso).

Está com tudo na campanha contra o abuso sexual contra crianças e adolescentes? Ótimo. Gente honestamente a favor de valores importantes da sociedade é sempre bem vinda, ainda mais quando são famosos e influentes. Mas não precisava expor-se daquele jeito. Deprimente. Melhor seria ter movido uma ação contra os abusadores e dado o exemplo.

(fotos tiradas da internet)

Nenhum comentário:

Postar um comentário