quarta-feira, 12 de dezembro de 2012

Kafka e os indignados mudos.


Voce alguma vez ficou indignado? Já viu alguém ficar indignado? Em qualquer das hipóteses garanto que ouviu voz elevada, exasperação e, dependendo do caso, muito palavrão. O que eu nunca soube é de indignado mudo. Só o Lula.

Segundo seu ex(?) chefe de gabinete, Gilberto Carvalho, o amigo da Rose está indignado com as declarações do Marcos Valério de que mandava uma grana para suas despesas pessoais. Coisa pouca de 100 mil reais. Em Paris, Lula disse que não pode acreditar em mentira. Nem eu. Sobre a Rose ele ainda não disse vírgula.

Ao mesmo tempo, quando a turma do Congresso tentou convidar o homem indignado para falar - era uma ótima oportunidade de esclarecer tudo, o que fez a tropa liderada pelo indignado Collor de Melo? Negou. Nem o indignado Lula, nem a indignada Rose, enfim, nenhum indignado vai falar. Advinhe quem foi convidado a falar? O FHC que não tem nada a ver com a história. Nem Kafka.

Nenhum comentário:

Postar um comentário