quarta-feira, 19 de dezembro de 2012

"É hora de ir às ruas!" Zé Dirceu. Ou, "Não me deixem só!" Fernando Collor.

Estou achando que a antesala das grades está fazendo um mal danado ao juízo do ex-Deputado Zé Dirceu. O homem veio de novo com essa história de povo na ruas defendendo os mensaleiros, ele no meio. Sugere o Zé que o STF deve ser afrontado não apenas pelo Marco Maia, o atual representante do baixo clero na presidência da Câmara dos Deputados, mas também por mim, por voce, pelos estudantes-estudantes (os da UNE pré-paga são de outra espécie), pelos professores-professores, pelos agricultores-agricultores (os do MST são de outra espécie), pelos operários do ABC etc. Tudo isso porque apesar de TUDO e, neste caso, TUDO é muita coisa que foi feita para melar o julgamento, o STF honrou os brasileiros e condenou o bando a penas pesadas (algumas nem tanto).

Se pudesse, daria um conselhinho ao Zé Dirceu. Diria simplesmente que fosse juntando uma boa lista de livros para ler duante as férias que ganhou do STF e não contasse muito com a força do cabresto da popularidade no focinho do povo não. Da última vez, o Collor tentou e sifu.

Nenhum comentário:

Postar um comentário